segunda-feira, 3 de outubro de 2011

A Função Gerencial no Mundo Contemporâneo

A Função Gerencial no Mundo Contemporâneo


O trabalho gerencial não se parece com nenhuma outra função ou profissão; por isso dizemos que é um trabalho atípico. Sua conceituação torna-se até mesmo difícil, até mesmo para aqueles que exercem esta função. Provavelmente isto vem do fato de apresentarem perspectivas muito diferentes sobre a gerência do que ela é realmente.
A Administração tradicional apresenta uma visão ordenada da gerencia; o administrador é visto como um racional sistemático que trabalha com tarefas planejadas; os problemas organizacionais são previsíveis e suas posições também. Porém, depois de muitas pesquisas, percebeu-se que a realidade é bem diferente; o gerente trabalha como o imprevisível, com tarefas imediatas. E é isto que caracteriza o administrador contemporâneo: o trabalho não-programado, o contato constate com o risco empresarial. O novo gerente tem uma função tensa; por dedicar-se intensamente a função, o dirigente leva para casa os problemas da empresa e muitas vezes, não encontra tempo para seu próprio lazer.
A função gerencial é voltada para a decisão; muitas vezes, pela imprevisibilidade das tarefas, muitas soluções tomadas pelo gerente são cercadas de incertezas; porém, a decisão deve abranger métodos racionais. Há muitos mitos sobre a função gerencial que surgem pela visão racional e lógica que se tem da função. Um exemplo é o fato de acreditarem que a atuação do administrador é sempre baseada em ações racionais e planejadas; a verdade é que, muitas decisões são tomadas a partir de intuições pessoais. Outro exemplo é a visão de “super-homem” que passam do gerente, como se todas suas decisões fossem cercadas de precisão, rapidez e segurança; na verdade, o administrador negocia os assuntos com tensão e incerteza quanto aos resultados.
O que acontece, é que o gerente deve estar sempre buscando novas habilidades para enfrentar os desafios impostos pela organização, devido as mudanças no mundo. O gerente deve procurar aperfeiçoar-se dia após dia, aumentando o seu aprendizado gerencial, para que assim, ele esteja mais capacitado a tomar decisões corretas, desenvolver estratégias eficazes e ser um verdadeiro agente de mudança na organização.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
Obrigada por deixar aqui a sua opinião sobre a postagem!
Deus abençoe!

Pesquisar este blog