segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Que vergonha!!

Bom gente, o que vou escrever aqui alguns podem não gostar, mas é o que estou sentindo e pensando no momento:


Ontem a noite, depois de um culto maravilhoso, entro na internet e percebo um auê nas redes sociais com relação a rede record; hoje pela manhã, busquei na internet algo que me pudesse esclarecer o porquê desse alvoroço e me deparei com uma ridícula reportagem feita ontem pela rede record, através do Domingo Espetacular, sobre o que eles chama de movimento do "cai-cai".
Ao assistir a reportagem fiquei com o meu coração totalmente apertado e triste, mas aguentei até o final, pois queria saber os pontos abordados por eles.


Em primeiro lugar, ao elaborar essa reportagem, A Rede Record demostrou total falta de parcialidade no seu jornalismo; Como eu li em um artigo, o que faz com que uma emissora tenha credibilidade é o seu jornalismo e a record demostrou não ter nenhuma! Eu relmente não sei como aqueles jornalistas tiveram tamanha coragem para gravar uma reportagem desse tipo... Para mim, isso foi uma tentativa de elevar o ibope da emissora.


Em segundo lugar, esses ataques com relação a cantora Ana Paula Valadão estao relacionados ao fato do grupo Diante do Trono estar na Som Livre, gravadora da emissora Globo; a a falencia da Line Records, gravadora da universal está levando Edir Macedo a tomar atitudes desonrosas sendo que ele é um líder religioso. Parece que o desespero está tomando conta desse líder, já que vários artistas como o Regis Danese deixaram a gravadora.


Em terceiro lugar e mais importante: eu como evangélica pentecostal acredito sim na manifestação do Espirito Santo; eu me questiono sobre as pessoas que deram entrevistas a essa reportagem; será que todas elas não pertencem ao movimento de Edir Macedo? por que não houve uma pessoa a favor do assunto dando entrevista sendo que esse movimento tem vários adeptos, segundo ele próprio??
As atitudes que estão sendo feitas pelo pastor Macedo já estão se tornando ridículas, pois ele julga as outras igrejas, sendo que o juiz é Deus, não ele. Parece que o pastor se deu conta de que está perdendo rebanho e está tentando, de todas as maneiras, tirar das outras igrejas fiéis para preencher as suas.
Desculpe se alguém da Universal ler isso, mas criticar outras igrejas, criticar a manifestação do espirito santo dizendo que é algo satânico já é de mais! Como pode um pastor falar isso do mover de Deus??  Chamar as outras igrejas de seitas?? dizer que 99% dos cantores evangélicos são endemoniados?
Que Deus tenha misericórdia da vida desse homem!

3 comentários:

  1. • Comentário sobre a reportagem do Programa Domingo espetacular da Rede Record do dia 13 de novembro de 2011 – “Cair no Espírito”

    • O comentário é desprendido de minhas ideologias e convicções religiosas. Posteriormente estarei fazendo um comentário da mesma matéria com minha visão espiritual qual sigo.

    Que movimento evangélico é esse? Através dessa pergunta feita com ironismo por um dos narradores da matéria deixa claro que ela é tendenciosa, tendo um objetivo claro de atacar alguém ou algo. Temos que compreender que vivemos num Estado Laico, com liberdade religiosa, e que a religião cristã tem várias vertentes, com adequando a cultura e costumes dos locais aonde ele chega, temos como exemplos: as religiões espírita, católica, mulçumana, candomblecista, entre outras, quais tem em suas doutrinas algum ensinamento cristão. As igrejas evangélicas e protestantes também não fogem a essas divisões, são as tradicionais, petencostais, neo-petencostais, entre outras, uma diferenciando da outra por não concordarem com algo ou procurando de alguma forma, achar o melhor modo de se aproximar do Deus.

    Essas diferentes formas de cultuar a Deus, em maiorias dessas igrejas estão prescritas em seus estatutos doutrinários, senão, são claramente falados nos templos pelos seus líderes, quais tem liberdade religiosa pela constituição brasileira de declararem e divulgarem.

    Neste momento, a Rede Record através dessa matéria, infringiu a lei em descriminar explicitamente uma forma de cultuar, qual ele exageradamente citavam o termo “cai-cai” como um modo de induzir aos os telespectadores que aquilo não faz parte ou não condiz com o movimento evangélico, sendo que além da forma individual de cada pessoa, o líder religioso pode impor a formar de cultuar aos seguidores da religião, visto que não é impedido por lei.

    Agora, remetendo ao caso provável da reportagem quais fez a Rede Record ferir as constituição que rege nosso país, vale refrescar a memória que esta rede de tv foi comprada nos meados dos anos 80 pelo líder religioso da Igreja Universal do Reino de Deus, o bispo e empresário Edir Macedo.

    ResponderExcluir
  2. .... Neste ano de 2011 foi divulgada pesquisa do IBGE onde a Igreja Universal do Reino de Deus apresentou queda de 24% no número de fieis entre 2003 e 2009, no outro lado, as igrejas petencostais vêm tendo aumento significativo de fieis, igrejas quais, algumas pregam uma doutrina igual ou similar o que a matéria chama de “cair no Espírito’ ou “cai-cai”.

    A Igreja Universal é bastante conhecida no meio religioso cristão pro pregar a teologia da prosperidade, qual diz que o cristão verdadeiro tem o direito de obter a felicidade integral, a espiritual e a material, quer dizer, a financeira.

    O que se percebe que esses ex-fieis da Igreja Universal não encontraram aquilo que desejavam, e começaram a buscar outros locais para conseguirem aquilo que desejavam, e muitos deles estão migrando para essas igrejas cristãs. Deste modo, a Igreja Universal, utilizando de sua rede tv, qual é a 2ª maior audiência do Brasil, procurou atacar seus costumes e doutrinas como um meio de evitar uma maior imigração de seus membros.

    Para ter um alcance maior no objetivo, a reportagem usa de imagens da cantora e Pastora Ana Paula Valadão, um dos maiores nomes gospel do país, quais suas canções alcançam as mais diversas ramificações da igreja protestante e é de grande influencia para muitos jovens; em alguns momentos em que a reportagem diz que a mesma está caindo no Espírito.

    Na entrevista dada pelo Pr. Paul Gowdy, um dos ex-fundadores da igreja que pregavam alguns costumes como: unção do riso, unção do leão, entre outros, e não concordar mais com aquilo, afastou-se da denominação, mostra que a edição da entrevista foi totalmente planejada para que as falas do Pr. reforçassem aquilo somente o que a matéria queria mostrar, colocando apenas palavras soltas do entrevistado.

    Finalizando, podemos perceber que a liberdade religiosa não é respeitada em nosso país, e que as máquinas do poder e a mídia tentam de todas as formas influenciar em nosso pensamento, querendo colocar conclusões erradas sobre algum determinado assunto, pegando fragmentos de alguns acontecimentos e mostram apenas aquilo que for do seu interesse.

    Valbert França - 14 de novembro de 2011

    ResponderExcluir
  3. • Comentário sobre a reportagem do Programa Domingo espetacular da Rede Record do dia 13 de novembro de 2011 – “Cair no Espírito”

    • Este comentário é feito através de minhas convicções espirituais, um cristão evangélico.

    Observando a matéria feita pelo Domingo Espetacular, claramente à pedido da Igreja Universal, compreendo que em algum momento isso ia ser exposto para o publico não cristão, visto o modo em que o nome de Deus vem sendo utilizado dentro das igrejas. Então, o que me causou escândalo não foi o modo como foi a reportagem foi levada de má fé pela Rede Record, mas sim, algumas formas que foram mostradas na matéria que algumas igrejas e seus lideres religiosos fazem para suas “ovelhas” se aproximarem de Deus. O que falarei para os não crentes que viram na matéria fileiras de fieis para onde mostravam pessoas caindo pela passagem de um paletó, que resposta direi a eles, o porquê dentro de um templo pessoas rastejavam como animais, e um ainda estava sendo levado por uma coleira. Eu saberei responder bem, e dentro da bíblia, mas como saberão responder aqueles que não têm uma base da bíblia, e os novos convertidos, como eles reagiram a esta matéria¿

    A tristeza, ou vergonha, vem por conta de alguns cristãos, que em vez de defender a sã doutrina cristã, preferiram defender uma pessoa atacada pela reportagem, sendo durante mais de dois mil anos Jesus vem sendo atacado, mas pra Glória de Deus o Senhor Jesus continua sendo o mesmo, e apesar de não aceitar que essas coisas sejam vistas na casa d’Ele, sabe que essas coisas têm que acontecer para que os verdadeiros cristãos se manifestem.

    Obviamente que a má fé da reportagem me deixou entristecido, principalmente em outras cenas mostradas nos templos, onde fieis dançavam e rodopiavam, que podiam ser facilmente justificadas na passagem bíblica do livro de Atos capitulo 2, onde diz que os apóstolos e os discípulos de Cristo quando eles receberam o Espírito Santo, os incrédulos achavam que eles estavam embriagados, assim também me deixou entristecido quando um produtor da reportagem, recebe a oração através da imposição de mãos, qual é uma doutrina bíblica escrita no capitulo 6 de Atos.

    Assim, não posso somente criticar somente um lado, eu olho para ambos os lados, e tento ver aquilo que aflige o coração de Cristo.

    Valbert França - 14 de novembro de 2011

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada por deixar aqui a sua opinião sobre a postagem!
Deus abençoe!

Pesquisar este blog